Atendimento do INSS em tempos de coronavírus

Inúmeras medidas governamentais têm sido tomadas para combater a crise do coronavírus, ou ao menos contê-la. Muitos municípios e estados decretaram estado de quarentena, com fechamento do comércio, e redução das atividades apenas ao essencial.

Tendo isso em vista, e considerando que os pensionistas em grande parte compõem o grupo de risco do vírus, seja por idade avançada ou por problemas médicos já diagnosticados anteriormente, a Previdência Social também sofreu alterações. Conforme anunciado no final da última semana, os atendimentos presenciais em agências do INSS estão temporariamente suspensos, para evitar deslocamento e aglomeração de pessoas, e consequentemente o contágio de vítimas em potencial.

Assim, além dos requerimentos, agora a análise de benefícios também será feita à distância, via telefone pelo 135 ou pelo sistema online do ‘meu inss’.

Como requerer um benefício durante a crise do coronavírus

Os segurados que precisam de algum benefício, relacionado ou não ao coronavírus, terão um atendimento mais rápido e prático, bastando apenas o envio da documentação médica digitalizada para que o INSS realize a análise do benefício.

A medida, além de auxiliar no combate à propagação do vírus, irá tentar acelerar as longas e árduas filas de análise da Previdência Social, que já vêm causando transtorno, prejuízo e demora à população necessitada há alguns anos. Isso porque os funcionários retirados do atendimento ao público serão redirecionados para outras funções, entre as quais a análise dos benefícios que se encontram em fila de espera.

Ainda, especificamente para o Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado aos indivíduos sem renda, sejam deficientes ou idosos com mais de 65 anos, está previsto o adiantamento de R$ 200,00 do benefício.

No entanto, esse valor só será pago para aqueles que já comprovaram a inexistência de renda superior a ¼ do salário mínimo no núcleo familiar, formado por todos os que dividem o mesmo teto com o beneficiário.

O adiantamento de valores do BPC ainda aguarda regulamentação, mas todas as outras medidas adotadas pelo INSS já estão em prática. Se existe algum benefício a ser solicitado, não é preciso se expor a riscos. Basta clicar aqui e entrar em contato com nossa equipe, para viabilizarmos seu requerimento de forma 100% remota, sem sair de sua casa, respeitando assim as orientações de quarentena que estão sendo disponibilizadas pelo Ministério da Saúde para a população.

Juntos conseguiremos conter a proliferação do coronavírus, e ainda garantir que os direitos previdenciários dos pensionistas do INSS sejam respeitados, mantidos e concedidos!

Para mais informações, acesse o site.

Consani Fratari Advogados